#Pracegover Na foto, o interior de uma residência

Quando se trata da adoção a novas tecnologias construtivas, durante as últimas décadas o Brasil foi considerado um dos países com menor nível de maturidade e o mais atrasado em relação a outras nações avaliadas. Este dado tem como base a pesquisa divulgada pela Autodesk, empresa especializada em “software” 3D de projetos, engenharia e entretenimento, conduzida em parceria com a consultoria IDC.

Ela ouviu 835 profissionais de grandes construtoras em 12 países da Europa, Américas e Ásia. Porém, se depender dessa nova geração de empreendedores que estão na direção das ‘startups’ da construção civil denominadas como; “*Construtechs”, esse cenário tende a mudar de forma exponencial nos próximos anos, é o que afirma o empreendedor Valcir Nunes, fundador da construtech tubaronense MUNDO STEEL.

“Podemos dizer que a “cidade azul” está se tornando berço dessas construtechs. No ano de 2020 em meio a pandemia do Covid_19, outra construtech tubaronense, a Brasil ao Cubo, se destacou no cenário nacional após construir em tempo recorde cinco hospitais que totalizaram 6.000m² em apenas 115 dias. Tamanha agilidade foi necessária devido à maior demanda por leitos hospitalares devido à pandemia. A BR3 como também e conhecida levanta atualmente, também em Tubarão, o maior e mais rápido prédio 100% modular da América latina”, afinou Valcir, CEO da Mundo Steel.

A Mundo Steel é outra construtech tubaronense que começa se destacar já com unidades próprias e franqueadas em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás, primeira franquia de construtora do país que atua no sistema construtivo Light Steel Frame, tecnologia muito utilizada na Europa e também nos EUA onde 90% das casas são construídas com este sistema.

O Light Steel Frame é composto por uma estrutura de aço leve de alta resistência e durabilidade, com tratamento de galvanização especiais. Já o fechamento de paredes, pisos entre andares e telhados, é composto por placas e outros materiais, gerando impermeabilidade e ótimo desempenho termoacústico, graças a estes materiais de alta tecnologia, entre estes, destacam-se placas cimentícias, de madeiras, mantas impermeabilizantes e muitas outras opções, cada qual com sua finalidade, e que vem ganhando espaço nesse mercado de inovação.

Um sistema que traz inúmeros benefícios. Um dos principais diferenciais do Light Steel Frame é a limpeza e organização do canteiro de obras, pois não há necessidade do uso de água, proporcionando uma “construção seca”, título pelo qual esse sistema construtivo também é chamado, além da drástica redução de resíduos gerando desperdício praticamente zero.

Outra característica é a precisão do sistema, tanto dos cálculos quantitativos (quantidade de material que será utilizado) quanto da execução. A estrutura de aço leve é fabricada de forma personalizada e automatizada, conforme as dimensões definidas em cada projeto, dispensando corte de peças estruturais no canteiro. Assim, têm-se uma construção mais rápida, limpa e leve, e como já mencionado, o desempenho térmico e acústico torna-se muito superior aos métodos tradicionais.

O empreendedor Tubaronense Valcir Nunes, entendeu que “não bastava fazer o novo de forma antiga”, utilizando todas as vantagens que o sistema construtivo oferece, mas continuar com a cultura utilizada nos meios construtivos considerados ultrapassados e artesanais, era preciso inovar não somente no sistema, mas também na gestão do negócio de construção civil.

Para garantir a qualidade do sistema e todos os seus benefícios, sem inflar os custos do processo construtivo mais eficiente para o consumidor final, Valcir Nunes resolveu investir em uma metodologia única focada nas necessidades dos clientes que anseiam por uma solução padronizada, tecnológica e, ao mesmo tempo, personalizada no momento de construir suas casas, através do sistema de franquias.

“Com isso, nossa construtech vem gerando oportunidades aos empreendedores que desejam ingressar nesse novo mercado, considerado parte da revolução da construção civil e, ao mesmo tempo levando mais segurança aos clientes que buscam por uma solução muito mais eficiente e de melhor relação custo/benefício ao construírem suas edificações”. Relatou Nunes.

Com novas tecnologias, métodos de gestão eficientes e inovação continua, é possível sim afirmar que a cidade de Tubarão-SC, destaca-se a nível nacional quando se trata de inovação na construção civil.

Nota: Qual o significado da palavra Construtech?
Construtech é uma ‘startup’ voltada a atender necessidades da Construção Civil, dentro ou fora do canteiro de obras. Essas empresas surgiram com a proposta de modernizar o setor dando a ele produtividade, economia e um gerenciamento antes não visto.

#Pracegover Na foto,

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul