#Pracegover Foto: na imagem há uma passarela de concreto, o rio e mato
#Pracegover Foto: na imagem há uma passarela de concreto, o rio e mato

Para atender uma necessidade de acesso ao Rio Tubarão, com embarcação, para monitoramento ou em caso de emergências, inicia nesta terça-feira (11) a construção de rampas náuticas sob a passarela Ângelo Antônio Zaboti. A previsão é de que a obra seja concluída em agosto.

As rampas serão construídas pela Tubarão Saneamento, concessionária dos serviços públicos de água e esgotamento sanitário, como ação compensatória acertada junto à Agência Reguladora de Saneamento de Tubarão (AGR), diante da implantação do Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto.

O investimento de R$ 550 mil compreende trabalhos de escavação e construção em concreto armado, além de paisagismo. Serão duas rampas, uma em cada margem do rio, de 400 metros quadrados de área cada uma.

“Com a conclusão da obra, o acesso ao Rio Tubarão beneficiará, principalmente, as equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, mas o espaço também será aberto ao público em geral, seja para contemplar a natureza ou acessar ao rio com embarcação particular”, explica o diretor da Tubarão Saneamento, Lucas Arrosti.

Para o prefeito Joares Ponticelli, a construção das rampas representa um novo momento da relação entre a cidade e o Rio Tubarão. “A cidade cresceu de costas para o rio, que é o nosso maior cartão-postal, e ao longo das últimas décadas a observação desse cenário aos poucos foi deixada de lado. Com essas mini marinas vamos fortalecer um novo ciclo iniciado recentemente com a passarela de concreto que trouxe a população de volta ao rio e também o início do tratamento de esgoto, que já deixou o Rio Tubarão bem menos poluído. Temos um potencial muito grande para esportes náuticos que, com certeza, dará um salto a partir da construção dessas rampas”, comenta Joares.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Governo de Tubarão

Com informações da assessoria de imprensa da Tubarão Saneamento