#Pracegover Foto: na imagem há livros
#Pracegover Foto: na imagem há livros

A Pastoral Carcerária da Diocese de Tubarão iniciou uma campanha de arrecadação de livros em prol dos detentos do Presídio de Tubarão. As obras literárias podem ser entregues para o professor de Língua Portuguesa e Literatura Maycon Vianna.

De acordo com o docente, os detentos estão sem biblioteca, pois as cheias de maio do Rio Tubarão estragaram as obras literárias do Presídio de Tubarão. “Se você tem livros em casa, pode entrar em contato comigo via Whatsapp (48) 99975-2740 ou no messenger (www.facebook.com/maycon.vianna.1) para que eu busque e entregue a eles. Vamos ajudar, não custa nada contribuir!”, convida Maycon.

O papel da educação nos presídios é amplo, ela pode permitir a liberdade e a esperança de transformação da realidade primitiva do mundo prisional. A educação no contexto prisional deve estar efetivamente preocupada com a promoção humana, o conhecer o mundo e, principalmente, conhecer-se como sujeito capaz de agir nesse mundo e transformá-lo.

Como referencial teórico nos últimos anos, tem se apresentado a importância da humanização dos espaços carcerários tendo a literatura e a leitura como aliados no processo de ressocialização dos apenados. A legislação estabelece a obrigatoriedade de bibliotecas nos espaços prisionais, assim como ações de assistência e educação para a recuperação dos indivíduos privados de liberdade.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul