O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinará na semana que vem o novo acordo comercial da América do Norte com México e Canadá – informou uma fonte da Casa Branca nesta quinta-feira. Fruto de anos de negociações entre estes três sócios, o USMCA (na sigla em inglês) se apresenta como uma atualização do Acordo de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta), de 1994, criticado por Trump durante muito tempo.

O presidente americano chegou a ameaçar pôr um fim definitivo a o pacto. Na semana passada, o texto foi aprovado pelo Senado dos EUA. Segundo funcionários da Casa Branca, deve ser ratificado por Trump na quarta-feira. O Nafta criou uma ampla zona de livre-comércio na América do Norte, que levou a mudanças radicais na composição das indústrias nos três países e a um grande aumento das trocas transfronteiriças de bens, serviços e pessoas.

O novo acordo muda as regras de conteúdo na fabricação de automóveis e estabelece salários mais altos para alguns trabalhadores mexicanos do setor automotivo.

Também estabelece mudanças no comércio eletrônico, a proteção da propriedade intelectual e a solução de controvérsias para os investidores, assim como regras trabalhistas mais rígidas que demandam reformas na legislação trabalhista do México. O México ratificou o novo acordo em 10 de dezembro. Espera-se que o Canadá faça o mesmo nas próximas semanas.