Fortaleza (CE)

Durante a madrugada desta sexta-feira, a região norte do Ceará foi atingida por cerca de 100 tremores de terra, que alcançaram a magnitude de 3,9 graus na escala Richter. De acordo com o chefe do laboratório de sismologia da defesa civil do Ceará, Francisco de Chagas Brandão Melo, há registros de abalos em 32 municípios.

Segundo ele, há muitos desabrigados e a defesa civil prepara-se para fazer uma assistência mais intensa na região. “Oferecemos lonas plásticas e vamos trazer barracas para a região”, afirma. Nas cidades abaladas, os prefeitos acompanharam equipes de engenharia para avaliar os estragos. As casas que tiveram as estruturas atingidas deverão ser interditadas. “Novos abalos sísmicos poderão ocorrer no Ceará e a ciência ainda não é capaz de prever “, alerta Brandão.