O apito da locomotiva da Ferrovia Tereza Cristina (FTC) anunciou uma carga especial, só que desta vez, sem a presença do Papai Noel Ferroviário. “É tempo de zelar pelo presente mais precioso, a nossa vida”, disse o bom velhinho em uma mensagem que gravou para as comunidades lindeiras. Com menos ajudantes ferroviários e sem paradas, para atender ao público, a 24° edição do Trem de Natal foi realizada nesta quarta-feira (16).

O planejamento do Trem costuma iniciar bem cedo, ainda no início de cada ano. Mas, em 2020, tudo foi diferente. Há poucos dias, a empresa ainda não sabia se realmente poderia ser realizado o tão esperado momento, mesmo que de forma já adaptada à realidade.

“Nas redes sociais, nas ruas, as pessoas questionavam quando seria. Não queríamos que fosse desta forma, mas também não poderíamos deixar de estar presente neste momento tão importante. Construímos uma história com a comunidade. Os adultos que nos acenam hoje, são as crianças que atendemos nestes 24 anos”, contou a coordenadora do projeto da FTC, Gisele Oliveira.

Nesta edição, além do menor número de ajudantes ferroviários e da ausência do Papai Noel (que é do grupo de risco à Covid-19), foram evitadas as paradas e a distribuição de presentes, por conta da aglomeração de pessoas. Com estas alterações, foi possível realizar o trajeto em um dia, seguindo de Siderópolis a Imbituba, em 164km de linha férrea, distribuindo 45 mil guloseimas (balas e bombons).

Neste ano, os tradicionais presentes deram lugar à esperança. Por meio do olhar dos voluntários, que usaram máscaras, uma mensagem positiva que expressava alegria e votos de tempos melhores.

Para Dona Neuza, da comunidade de Laranjeiras, o Trem de Natal faz parte da história da família dela, dos amigos e das crianças do bairro. Ansiosa, ligava para saber se teria a edição de 2020. “A FTC sempre tornou o nosso Natal especial. Mesmo que diferente, sem aquele contato físico, ficamos muito felizes de ver a comitiva. Foi uma mensagem de esperança, mas empacotada com a magia e o brilho no olhar dos ajudantes”, relata.

Como de costume, a música ‘Então é Natal’ em alto e bom som, marca registrada da comitiva, alertou às famílias. “O Trem de Natal está diferente, mas com o mesmo propósito, que é levar o espírito Natalino para as pessoas. Nosso desejo é de que todos tenham um feliz e abençoado Natal, e que não falte às famílias amor, saúde e esperança”, completa Gisele Oliveira.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul