Tubarão

Mesmo com o pedido da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Catarina, para que o folião adiasse em um dia a ida para os municípios litorâneos, principal reduto de Momo no Carnaval, milhares de turistas resolveram arriscar e exercitar a paciência na BR-101. Com vários pontos interrompidos parcialmente e muitos buracos, devido às chuvas desta semana, o trânsito era lento nesta sexta-feira em praticamente todos os pontos entre Jaguaruna e Florianópolis. Ao norte, o congestionamento era ainda pior. Em alguns locais, chegou a somar mais de 60 quilômetros em filas.

O acesso aos balneários de Laguna e Imbituba, principalmente, foi um martírio. Para dividir a pista com os foliões, caminhões e homens do Departamento Nacional de Infra-Estrutura em Transportes (Dnit) estiveram em plena execução de uma operação tapa-buracos emergencial. O alerta para o trecho entre Jaguaruna e Imbituba é vermelho. Conforme a PRF e o Dnit, a rodovia está bastante danificada por causa da chuva.

Apesar de toda a confusão, nenhum acidente foi registrado até às 20 horas desta sexta-feira. Ao todo, serão fiscalizados 61 mil quilômetros de rodovias federais durante a Operação Carnaval. Uma das novidades é a fiscalização da venda de bebidas alcoólicas às margens da BR-101, cuja proibição começou a valer nesta sexta-feira.
Durante a Operação de Carnaval de 2007 foram registrados 2.358 acidentes nas rodovias federais do país, com um total de 145 mortos e 1.590 feridos. No último feriado de Natal, foram registradas 196 mortes nas estradas federais.