Foto: Assessoria de Imprensa FTC

Técnicos da Ferrovia Tereza Cristina (FTC) e a equipe de manutenção de via permanente atuaram desde o último sábado (18), para recompor a linha férrea no bairro Congonhas, em Tubarão, Sul de Santa Catarina, após uma ocorrência ferroviária que resultou no descarrilamento e tombamento de alguns vagões com carvão mineral, que seguiam de Urussanga para o Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo. O tempo colaborou e o grupo de profissionais conseguiu antecipar a liberação do tráfego ferroviário, ainda nesta segunda-feira (20).

Uma sindicância foi aberta para apurar as causas da ocorrência e a concessionária segue averiguando os registros. O laudo final deverá ser divulgado pela Comissão Interna em até 30 dias. A ocorrência foi informada à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), pela Ferrovia Tereza Cristina.

Cabe destacar que não houve feridos. A ocorrência serve de alerta sobre a importância de respeitar o limite de segurança da faixa, a fim de garantir a seguridade da operação ferroviária e das comunidades lindeiras. Os danos foram apenas na linha férrea e nos vagões, sem prejuízo a terceiros e aos clientes, pois a carga de carvão mineral foi recuperada. E ainda, os cruzamentos rodoferroviários não foram obstruídos.

A equipe de segurança ambiental informou que a ocorrência não gerou risco de impacto ambiental, visto que a recuperação da carga foi completa. Nesta terça-feira (21), os profissionais de manutenção e segurança atuarão no local, para a limpeza da faixa de domínio.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul