Laguna

A travessia do bote no Canal da Barra, em Laguna, vai ficar mais cara a partir da próxima quarta-feira (1°). O aumento foi publicado na última segunda-feira (23) no Decreto municipal nº 6.161/2019. A empresa Adilson Vieira Machado Transporte Marítimo é a responsável pelo serviço.

Com o reajuste, os pedestres terão que pagar R$ 2,00 e os ciclistas R$ 2,50. Atualmente, a tarifa cobrada era de R$ 1,75 e R$ 2,00 respectivamente. Na ata temporada os trabalhos funcionam por 24 horas e na baixa ocorre das 6 às 23h55.

A última alteração nos valores do bote foi em fevereiro do ano passado, quando passaram a vigorar os preços válidos até a próxima terça-feira.  O serviço é uma alternativa à travessia via balsa, que também teve reajuste neste ano após um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Preço para utilizar a balsa teve acréscimo em junho

Em junho o preço para usar a balsa, no Canal dos Molhes da Barra, passou por reajuste. Para utilizar a balsa, os veículos da região começaram a pagar R$ 10,00 e motos R$ 2,50. Para ter esse benefício, o morador deveria se cadastrar na União das Associações de Pescadores da Ilha (Uapi).

Enquanto isso, outros carros precisam pagar R$ 17,00, já para motos a cobrança é de R$ 3,00. Em setembro, o deputado federal Daniel Freitas (PSL), foi em busca de recursos para construir uma ponte. O parlamentar esteve em Brasília e se reuniu com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, solicitando os recursos. “Viemos pedir com todo o carinho, para que a consigamos tirar do papel esse sonho, não só lagunense, mas de toda Santa Catarina”, afirmou na época o deputado.