Priscila Alano
Tubarão

Quem trafega pelas ruas de Tubarão precisa ter paciência. Além da grande quantidade de veículos, alguns semáforos não funcionam corretamente. No cruzamento da avenida Marechal Deodoro (beira-rio margem direita) com a Coronel Collaço, no sentido antiga rodoviária-centro, por exemplo, as luzes vermelha (pare) e verde (siga) permanecem acesas ao mesmo tempo, confundindo os motoristas.

Desta forma, eles perdem ainda mais tempo para arrancar e a fila fica cada vez maior. Independente de ser ou não horário de pico, os motoristas levem de 20 minutos a meia hora para se deslocar da antiga rodoviária até a praça do Chafariz. E a dose de paciência precisa ser cada vez maior.

O engenheiro civil da secretaria de segurança e trânsito da prefeitura, Rodrigo Vieira Joaquim, explica que um estudo é realizado para tentar melhorar o tráfego nesta região. “Em 2002, havia cerca de 38 mil carros licenciados em Tubarão. Este ano, já chega a 67,5 mil. Além disso, acredito que em torno de 30% dos carros que circulam no município são de outras cidades. Também foram realizadas algumas adequações para melhorar o fluxo de veículos”, afirma Rodrigo.

Sobre o processo de licitação para contratar uma empresa para fazer a manutenção nos semáforos, o engenheiro Rodrigo relata que duas empresas entraram com recurso. Na próxima segunda-feira, deve sair a decisão. “Ações emergencias são realizadas na manutenção dos semáforos”, garante Rodrigo. Já o projeto de modernização direcionado à fiscalização do trânsito (veja abaixo) este deve demorar para sair do papel. Duas empresas que participaram da licitação impugnaram o processo.

Projeto de modernização no trânsito

O projeto prevê a adequação de 20 lombadas eletrônicas nas principais avenidas da cidade. Quem ultrapassar o limite de velocidade permitido ou o sinal vermelho será multado. A Guarda Municipal também será reforçada com a aquisição de dois radares móveis. Os equipamentos serão utilizados nos lugares onde há maior incidência de irregularidades. Já sete furões, espécie de câmeras fotográficas acopladas aos semáforos, serão instalados nas ruas mais movimentadas.