Zahyra Mattar
Tubarão
 
As dez empresas que concorrem na licitação, na modalidade menor preço, para a execução das obras referentes à segunda e à terceira etapas do Centro de Zoonoses de Tubarão, foram habilitadas a continuar no processo.
 
As propostas e o preço serão abertos na próxima quarta-feira, conforme o Notisul antecipou com exclusividade. A estimativa é que o resultado final seja homologado até a última semana deste mês.
 
Com isso, a previsão é que a ordem de serviço seja assinada logo em seguida, possivelmente na primeira semana do próximo mês. Um montante de R$ 250 mil está rubricado no orçamento da prefeitura deste ano para efetivar o local, anexo ao cemitério Horto dos Ipês, no bairro Monte Castelo.
A primeira fase do projeto está pronta desde agosto do ano passado. Hoje, mais de 100 cães estão abrigados nas nove baias construídas. A segunda e a terceira fases para a efetivação do centro compreende o aumento no número de baias para cães, a construção de um gatio e um espaço para animais de grande porte.
 
Além disso, será edificada a parte administrativa, na qual é prevista a construção da sala de procedimentos, recepção, consultórios, sala de cirurgia e de eutanásia.