Florianópolis

A bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e o presidente estadual da sigla, Marcos Vieira, querem a revogação imediata da concessão do título de cidadão honorário de Santa Catarina ao ex-presidente Lula (PT). A honraria foi concedida em 2008, quando Lula ainda era presidente da República, e desde então não tinha sido entregue até o último sábado.

 Os deputados tucanos não acreditam ter nenhuma razão para a honraria concedida. Segundo Vieira, não se discute se o ex-presidente era merecedor ou não do título em 2008, mas agora, em 2018, ele definitivamente não merece ser cidadão honorário de Santa Catarina. “Hoje o cenário é completamente diferente, este cidadão é um condenado em segunda instância pela Justiça, está em vias de ser preso. A Lei é muito clara, é vedada a concessão de título, medalha ou qualquer honraria a qualquer cidadão que tenha condenação. Tem que ser ficha limpa. Ele não merece, é um ficha suja “, explicou.

 Ele também ressaltou que a bancada do PSDB também vai propor que todas as honrarias já concedidas a quem tem condenação na justiça sejam revogadas. “É uma aberração. Em um momento que a sociedade brasileira exige de nós todos atitudes mais dignas e mais transparentes, fomos duramente cobrados por cidadãos e também por entidades da sociedade civil, e lamento que alguns tenham tentado se aproveitar de uma situação de uma década atrás, de outro contexto. Por isso, o mínimo que devemos fazer agora é pedir a revogação dessa e cuidar para que nenhuma outra honraria catarinense seja manchada por serem concedidas a quem não as merece”, finalizou.