Laguna

A Fábrica de Gelo do Terminal Pesqueiro de Laguna voltará a funcionar, impulsionando a economia da região. Ontem, em reunião com o deputado federal Mauro Mariani (PMDB), o secretário Nacional de Portos, Luiz Otávio de Oliveira Ramos, garantiu R$ 800 mil para a conclusão da fábrica, que passará a produzir três mil toneladas de gelo por mês.

Com a produção da fábrica, o terminal volta a trair mais embarcações interessadas no gelo, o que demanda o pagamento de taxas com atracação e outros serviços de pátio. “Passa a girar ainda mais a economia de toda a região em um setor tão importante para Santa Catarina, que é a pesca”, comemorou Mariani.

O administrador do Porto, Evandro Almeida, também ressaltou a importância da conclusão da fábrica. “É uma grande notícia para a economia da região. A conclusão da fábrica de gelo representa um faturamento de R$ 400 mil por mês. Um investimento importante”, ressaltou.

O Terminal Pesqueiro de Laguna é responsável por 40% da economia do município, recebendo em seu cais grandes embarcações carregadas com toneladas de pescados, que são comercializados pelas empresas do município para as cidades da região Sul, Sudeste e Centro-Oeste. O setor pesqueiro gera milhares de empregos, a partir da atividade em alto-mar, também trabalhadores autônomos e comerciantes, principalmente, empresas de beneficiamento de pescado, que atuam com importação e exportação.