A vendedora Bruna Monteiro espera um grande movimento no Dia dos Namorados e conta que as opções de presentes variadas
A vendedora Bruna Monteiro espera um grande movimento no Dia dos Namorados e conta que as opções de presentes variadas

 

Angelica Brunatto
Tubarão
 
A duas semanas do Dia dos Namorados, o comércio de Tubarão já está movimentado. Algumas lojas já começaram a organizar as suas vitrines para atrair a atenção dos casais apaixonados. Porém, com a aproximação da data, a tensão entre o Sindilojas e o Sindicato dos Comerciários em Tubarão aumenta.
 
O motivo do embate é o horário especial do próximo dia 11, quando as lojas deverão abrir até as 22 horas. Pelo lado dos funcionários, existe a insatisfação pelas horas extras. “O sindicato orienta aos comerciários para que não ultrapassem as duas horas extras, mas queremos mesmo que ninguém exceda as 44 horas semanais. Não há acordo entre os sindicatos”, revela a presidenta do Sindicato dos Comerciários, Elizandra Anselmo. 
 
Pelo lado patronal, a história é diferente. “A lei nos permite abrir a loja no horário que quisermos, porém, orientamos aos lojistas para que façam um revezamento entre os funcionários. O patrão pode liberá-lo uma hora mais cedo para que haja horas sobrando para os horários especiais”, argumenta o presidente do Sindilojas, Fernando Nandi.
 
Mesmo com toda essa discussão, as expectativas para as vendas são grandes. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da Cidade Azul espera um incremento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado. “O público é bastante jovem e a média de preço deve ser em torno de R$ 100,00”, explica o presidente da CDL, Felipe Antunes Nascimento.
 
Os presentes procurados são os mais variados. “O movimento de clientes já começou forte, e já vendi muitas almofadas”, conta a vendedora Bruna Monteiro, da loja Azul Claro.
 
Horário dos Namorados
• Dia 9 – Sábado dia D – das 9 às 17 horas.
• Dia 11 – Horário especial – das 9 às 22 horas.