Zahyra Mattar
Tubarão

Desde o começo da semana, o tempo mantinha-se instável. Ora sol, ora muitas nuvens no céu, ora um chuvisco. Nesta sexta-feira, o tempo “fechou de vez”, como se diz no popular, e a chuva chegou forte. Até as 21h30min, havia chovido 28 milímetros em Tubarão. Com isso, no acumulado do mês, já são 48 milímetros de água. Neste mesmo horário, o nível do Rio Tubarão estava em 1,14 metro acima do normal. Nada preocupante.

Mesmo com a chuva, a temperatura continuou agradável durante a sexta-feira. A máxima do dia chegou a 29.9º C ao meio-dia, aproximadamente, e, à noite, às 20h30min, fazia 22.4º C. Muito diferente do previsto para este fim de semana, quando as temperaturas previstas não devem passar dos 20º C.
O indicativo para os próximos 15 dias é de chuva frequente em todo o estado. “Chuva forte com temporais, granizo e ventos fortes são mais frequentes na primavera, e esses eventos devem ser acentuados pela influência do fenômeno El Niño”, avisa a meteorologista Gilsânia Cruz, do setor de clima e previsão do tempo da Epagro/Ciram.

Para este fim de semana, é necessário retirar novamente o edredon do armário. Além de temperaturas mais “fresquinhas”, é previsto bastante chuva por conta de uma frente fria que passa pelo estado. “Sábado, uma frente fria forma-se e desloca-se no litoral sul do país. Isto fará com que o tempo mude já pela manhã. É prevista chuva, especialmente nos períodos da tarde e da noite. Há risco de temporal, especialmente no oeste e no litoral sul”, indica Gilsânia.

Domingo, a frente fria aproxima-se ainda mais do litoral e mantém o tempo instável, com muita nebulosidade e chuva em boa parte do dia. A temperatura deve cair devido à cobertura de nuvens e o vento, que vira sul, sopra forte: entre 50 e 65 quilômetros por hora no litoral.