Lysiê Santo
Tubarão

Um fato comum nas cidades é encontrar animais abandonados nas ruas. Todos os dias, centenas são atropelados ou são vítimas de maus-tratos. Mesmo com tantas campanhas contra a prática, muitos ainda cometem o crime previsto na Lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais). Mais do que uma diversão para o fim de semana ou uma companhia em casa, ter um animal de estimação exige responsabilidade.

Os jovens Jackson Feuser Joaquim, de 23 anos e Vinícius Correa, 19, sabem muito bem disso, e são apaixonados, principalmente pelos cães. Cada um já teve a experiência de resgatar um cachorro das ruas e até hoje mantêm os cuidados com os novos e fiéis ‘amigos’. Esse sentimento de solidariedade com a causa animal incentivou os estudantes do curso técnico em informática – habilitação em programação, do Cedup, em Tubarão, a desenvolver um projeto que foi tema do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

A proposta é lançar um site e um aplicativo mobile com funções práticas de monitoramento, denúncia e adoção de animais. A plataforma digital “Alerta Animal” utiliza o Google Maps para mapear a localização do animal e assim, auxiliar o trabalho das ONGs de proteção. “A experiência foi fantástica. Quando estávamos pensando em um projeto para o TCC, pensamos que seria positivo desenvolver um sistema que tivesse utilidade pública. Vendo o número desordenado de animais na ruas, idealizamos o Alerta Animal”, conta Vinícius, que entrou em contato com a instituição Amigo Bicho, de Tubarão, para entender melhor o trabalho solidário.

A presidente da entidade, Niákara Cascaes, considera o projeto inovador e de grande importância tanto para os animais quanto às pessoas que perderam seus bichinhos ou estão à procura de um para adoção. Ela realizou uma palestra com os estudantes para apresentar o trabalho da ONG que resgata animais em situação de risco e encaminha para clínicas veterinárias e à adoção. “Fiquei muito feliz quando o professor me chamou para uma conversa com os alunos. Pude repassar um pouquinho da nossa rotina e do grande trabalho que é realizado por um grupo de voluntários em prol dos animais abandonados. Prestamos um serviço à comunidade e esse aplicativo irá nos permitir um maior controle e organização”, relata.

Para iOS e Android
Plataforma digital estará disponível em 2018

A dupla realiza os últimos ajustes e a previsão é no início do próximo ano estar disponível para acesso gratuito no www.alertaanimal.com.br. Após o lançamento do site, ocorrerá a disponibilização do aplicativo para download em iOS e Android. O professor da disciplina de Banco de Dados, Linguagem e Programação, Leandro Venâncio, relata que o trabalho foi aprovado e será apresentado em eventos de startups e outros locais para divulgação. “Pra nós é gratificante ver o trabalho dos nossos alunos se tornar realidade. A área de software está em alta e a maioria já sai pronto para o mercado de trabalho. Vamos auxiliar no acompanhamento do aplicativo que poderá ser utilizado por qualquer pessoa de qualquer lugar”, explica. O aplicativo permite que as pessoa possa cadastrar os dados do animal encontrado e até foto para acompanhamento. No ícone de adoção também há possibilidade de cadastrar seu perfil e verificar os que estão à disposição.