Laguna
 
Com o aumento de temperatura e da umidade, as formigas saem da reclusão dos ninhos para buscar alimento. Dificilmente, alguém fica livre do estorvo, seja em casa ou apartamento.
 
E as danadas invadem tudo. Instalam-se até mesmo dentro de aparelhos eletrônicos. Das mais de 20 mil espécies de formigas existentes no mundo, cerca de 30 vivem em residências. São as chamadas “formigas urbanas”. 
 
“Elas especializaram-se em viver em casas e apartamentos, onde encontram temperatura controlada, distância de predadores e muita comida”, explica a engenheira agrônoma da secretaria da pesca, desenvolvimento rural e aquicultura da prefeitura de Laguna, Marluci da Silva Oliveira.
Aparentemente inofensiva, a formiga pode ser o pivô de intoxicações alimentares e outras enfermidades comuns nesta época do ano. Assim como as asquerosas baratas, antes de chegarem nas casas, elas passam por esgotos, lixos e outros lugares contaminados.
 
Xô, formiga  l  Aprenda a prevenir o surgimento
A melhor forma de controlar as infestações é a boa e velha prevenção. Manter o ambiente limpo ajuda bastante. O ritual é simples, mas quase nunca posto em prática:
♦ Evite comer na sala ou no quarto;
♦ Mantenha as lixeiras bem fechadas;
♦ Varra os cômodos todos os dias;
♦ Feche as frestas que ligam os formigueiros ao habitat humano.
 
Tipos de controles caseiros e químicos
♦ Uma mistura de água com detergente pode ser colocada nos buracos onde os bichos escondem-se. Isto ajuda a espantá-los.
♦ Espalhar cravos-da-índia nos armários da cozinha também espanta as formigas.
♦ Iscas em gel (comprados em casas agropecuárias e supermercados) podem ajudar em casos mais brandos, pois as formigas levam o veneno para o ninho como alimento. Quem tem pets deve evitar ou colocar em locais que eles não consigam alcançar.Contudo, por uma questão cultural, não sofrem a mesma rejeição que outros insetos. Geralmente, uma barata em um alimento provoca repugnância e as pessoas jogam tudo fora.
 
No caso das formigas, é comum remover apenas o local onde ela está ou até tirar a formiga e ingerir a comida. Um perigo! Como as pessoas não têm nojo, as formigas ficam e as pessoas só percebem o incômodo quando a casa já virou um verdadeiro formigueiro.