A Startup THERMO-OFF, fundada em 2018 por Marcos Rohden (também fundador e diretor da Paris Tintas) segue em franco crescimento. A empresa é focada em soluções nanotecnológicas para uma grande variedade de segmentos, principalmente o industrial e o agronegócio. No seu primeiro ano de atuação, em 2019, já havia recebido diversos prêmios nacionais por sua inovação, sendo classificada entre as 4 melhores Startups do Brasil para o segmento industrial pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios e escolhida como 1 das 10 melhores Startups da américa latina pelo programa de aceleração da EDP.

Segundo o CEO Marcos Rohden, o ano de 2020 está sendo virtuoso pois é o ano em que os produtos desenvolvidos anteriormente estão criando reputação junto ao mercado e o que antes era um desafio de conquistar, agora já começa a ter seu valor percebido uma vez que a carteira de clientes se torna mais robusta. “É uma satisfação imensa saber que estamos levando o nome da nossa região para mais de 22 estados do Brasil e ajudando empresas e pessoas a atingirem melhores índices de eficiência produtiva, de conservação de materiais estocados e qualidade de vida para os colaboradores”.

Para o ano de 2020 a meta arrojada da empresa era de crescer 250%, mas esse número foi batido já em agosto e agora estamos projetando novos desafios para 2021. Apesar do namoro de alguns investidores a Startup ainda continua tracionando sozinha, sem ter recebido aportes financeiros. “Ano passado tivemos uma intenção de investimento de R$ 1,5 milhão por 10% da empresa. Entretanto não houve acordo sobre algumas cláusulas do contrato de investimento e decidimos não continuar com a negociação. Felizmente estamos crescendo mais do que havíamos prometido aos possíveis investidores mesmo sem ter recebido o aporte, o que mostra que muitas vezes o problema do negócio está na estratégia e execução e não nos recursos financeiros”, aponta o diretor.