Agnaldo já compôs mais de 200 canções e está próximo de gravar o seu terceiro CD. - Foto: Silvana Lucas/Notisul.
Agnaldo já compôs mais de 200 canções e está próximo de gravar o seu terceiro CD. - Foto: Silvana Lucas/Notisul.

Jailson Vieira
Laguna

Aguinaldo Souza, 63 anos, nasceu e cresceu no bairro Bananal, em Laguna. Aos 15, saiu do local onde morava para trabalhar fora, mas não demorou muito tempo para retornar a sua cidade de origem. Neste sua caminhada, Aguinaldo fez um pouco de tudo. Exerceu a profissão de taxista, motorista de ônibus e caminhão, entre outras, mas ao seu lado o velho e bom companheiro, o violão, o acompanhava sempre.

“Sempre gostei de cantar e tocar músicas de raiz. Gosto de percorrer a região e adoro muito este estilo musical. Sai de Santa Catarina, mas não consegui ficar fora por muito tempo. Senti necessidade de voltar para a roça. Sou um homem simples, apaixonado pelo meu bairro e pela minha cidade”, revela Souza.  

Há dez anos, Aguinaldo optou por viver somente da música e, desde então, em sua ‘longa estrada da vida’, o autodidata, que canta, compõe e toca violão, já escreveu mais de 200 canções. 

“Gravei dois CD’s com músicas de minha autoria e canções de raiz. Cresci ouvindo essas músicas e percebo que até hoje fazem sucesso. Toco em barzinhos e restaurantes em Tubarão, Laguna e em outras cidades, e as mais pedidas são Boate azul, A dama de vermelho, Andando em frente e tantas outras que o tempo não apagou e pelo jeito não apagará. Elas agradam a todos”, garante.  

Além de tocar em bares e restaurantes, o músico lagunense vive da renda das vendas dos seus dois CD’s. Ele percorre os municípios para vender o seu bem tão precioso, como ele mesmo define, com apaixonantes canções.

Contato
Para entrar em contato com o músico da Cidade Juliana, os números são (48) 9628 -7070 e (48) 9173 -6973.