Tubarão

Os trabalhos de sondagens das margens do rio Tubarão, onde será construída a passarela de concreto, que irá substituir a ponte pênsil na ligação entre os bairros Oficinas e Dehon, iniciam hoje. Os serviços serão executados por engenheiros da Amurel em conjunto com a Defesa Civil.

Essa etapa preliminar foi definida na manhã de ontem, quando o prefeito Joares Ponticelli esteve no local na companhia dos engenheiros da Amurel e do gestor-coordenador da Defesa Civil Djalma Alves. Eles fizeram uma série de considerações e observações, como por exemplo, o local mais adequado para a execução do projeto.

É certo que a futura passarela não será no mesmo lugar da ponte pênsil. A intenção do prefeito é que a nova estrutura fique alguns metros à direita. Assim, no futuro, seria possível projetar a construção de uma ponte para veículos a partir da rua Princesa Isabel, caso seja necessário.

A ponte pênsil foi destruída no vendaval do dia 16 de outubro do ano passado e dificultou a mobilidade de milhares de estudantes do Colégio Dehon e da Unisul, que precisam agora utilizar as pontes no bairro Morrotes ou Centro.