Até o meio-dia desta terça-feira, o Brasil registrou 488 pacientes em observação clínica com suspeita de coronavírus, acréscimo de 55 casos em comparação ao balanço de segunda-feira. O país permanece hoje com 02 casos confirmados, localizados em São Paulo, da doença. O balanço epidemiológico foi divulgado, na tarde desta terça-feira, pelo Ministério da Saúde. Ao todo, a pasta já descartou 240 quadros suspeitos do Covid-19.

Até o momento, 22 Estados e Distrito Federal já registraram casos suspeitos da doença. Apenas os estados de Tocantis, Amapá, Acre e Roraima não tem nenhum registro suspeito do vírus.

O governo brasileiro expandiu a lista de países que devem ser considerados para definir se um caso é suspeito ou não para covid-19. Agora, viajantes procedentes dos Estados Unidos e Canadá que apresentarem febre e sintomas gripais (coriza, tosse, dor de garganta, etc.) também poderão ser incluídos no acompanhamento. O Ministério da Saúde estima que a nova lista de definições para casos suspeitos integre até 30 países. O documento deve ser divulgado ainda nesta terça-feira.

O Secretário Executivo do Ministério de Saúde, João Gabbardo, afirmou que a pasta tem recursos suficientes para as despesas em relação ao coronavírus. “Não fizemos nenhum solicitação ao Congresso de recursos adicionais até o momento”, destacou. Gabbardo ainda destacou que no atual cenário, o país concentra maiores esforços na prevenção ao vírus e na assistência aos grupos mais vulneráveis, como idosos e pessoas com problemas respiratórios, e não em estatísticas acerca do coronavírus.