Foto: Razões para Acreditar/ Divulgação

Lembra da história da Cotinha (70 anos) que foi “adotada” pela Glaucia aos 27 anos? Isso mesmo, você não entendeu errado. O Notisul trouxe a história delas em fevereiro de 2019.

Por mais de 60 anos dona Cotinha morou no hospital Beneficência Portuguesa, em Araraquara. Aos 10 anos ela e o irmão de apenas 4 anos foram atropelados por um caminhão, eles foram socorridos e levados para o hospital. O irmãozinho morreu e ela ficou internada, como eles não tinham documento e ninguém foi procurá-los as freiras tomaram conta de Cotinha desde então.

O nome Cotinha foi escolhido pelos funcionários do hospital, mas seu verdadeiro nome nunca foi descoberto porque ela possui algumas deficiências e não sabe falar. Cotinha viveu todo esse tempo sem documento, como indigente dentro do hospital.

E entre idas e vindas de cuidadoras, Cotinha conheceu Glaucia, que trabalhava como copeira do hospital. As duas ficaram tão próximas que a idosa passou a chamar Glaucia de “mãe”.

Mas aí o hospital fechou e a idosa teve que ser levada para um abrigo. Foi quando Glaucia tomou uma das maiores decisões de sua vida, entrou com um processo de “adoção” para ganhar a tutela de Cotinha e conseguiu um documento de identidade e ganhou sobrenome da nova “mãe”. Cotinha mora com a Glaucia e a filha pequena desde 2015.

 

Agora é sua vez de ajudar a Cotinha

A história foi contada pelo site Razões para Acreditar e recontada pelo Notisul. Nesta semana o site procurou nossa redação para ajudar a contar mais uma parte dessa narrativa.

Agora com 28 anos Glaucia continua trabalhando, mas com o salário que ganha mensalmente e o pequeno benefício da Cotinha ela enfrenta muitas dificuldades para pagar as contas, inclusive o aluguel.

O Razões para Acreditar tem o site Voaa onde ajudar a arrecadar doações e ajudar pessoas que necessitam muito de ajuda. Hoje, Glaucia e Cotinha precisam de auxílio e pedem doações para ter uma casinha própria.

Para fazer a doação e só clicar aqui. O valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas. Acompanhando s as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas nas redes sociais.