A partir desta quarta-feira, 25, o site da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), assim como os portais dos 12 centros de ensino da instituição, ganharam mais acessibilidade, ao permitir a leitura do conteúdo na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), o que favorece a inclusão de públicos com deficiência.

Implantada pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação  da Udesc (Setic), a leitura em Libras foi possível pela ferramenta VLibras, criada pelo governo federal e oferecida gratuitamente a órgãos e entidades. O dispositivo de código aberto traduz conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) em português para Libras.

Para ativar a leitura em Libras, basta acessar qualquer site da Udesc e clicar na figura da ‘mãozinha’ que aparecerá próximo ao cabeçalho superior das páginas. Com isso, aparecerá uma janela à direita da tela, com um avatar que fará a leitura em Libras do conteúdo selecionado pelo usuário.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação da Udesc, Marcos Linhares, o site da universidade fica ainda mais inclusivo com a ativação do VLibras. “É um recurso gratuito e que proporciona mais acessibilidade aos públicos com necessidades especiais, a qual é uma grande preocupação na universidade.”

Sobre o VLibras

O VLibras é o resultado de uma parceria entre o Ministério da Economia (ME), por meio da Secretaria de Governo Digital (SGD), e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital (Lavid).

De acordo com o site oficial do VLibras, são realizadas pela ferramenta mais de cem mil traduções todos os dias, além de 70 mil frases treinadas por inteligência artificial.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Governo de Santa Catarina