Reneuza explica que a energia com tarifas diferentes para cada faixa de horário estimulará o consumo responsável
Reneuza explica que a energia com tarifas diferentes para cada faixa de horário estimulará o consumo responsável

 

Karen Novochadlo
Tubarão
 
 
Caso você consuma mais energia fora dos horários de pico, uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que está para ser aprovada no próximo ano, poderá beneficiá-lo. Regulamentará tarifas diferenciadas para cada parte do dia. 
 
Uma outra norma, que ainda não foi sancionada, determina que a energia poderá adotar o sistema pré-pago em alguns casos. 
 
A diretora do Procon de Tubarão, Reneuza Borba, participou de uma reunião da Aneel em Brasília, com outros órgãos de defesa do consumidor, para avaliar as questões. No caso de cobrança de tarifas diferenciadas pelos horários, Reneuza julga que a medida incentivará atitudes sustentáveis. 
 
“O consumidor estará mais preocupado em não consumir energia em horários de pico, quando os preços serão mais caros”, explica. A previsão é que a resolução seja adotada no próximo ano. Nos horários de menor demanda por energia, as tarifas serão menores, como funciona no caso da telefonia. 
 
Quanto ao sistema pré-pago, deverão ser realizadas audiências públicas no próximo ano. A ideia é que funcione como no sistema de telefonia. “Nossa preocupação é se a pessoa não tiver condições de repor os créditos. Nós sabemos que a medida foi feita para combater a inadimplência. Mas será que o consumidor se beneficiará da mudança?”, questiona Reneuza. A questão ainda está em estudo.