Com a mudança, o motorista que trafegar no sentido Humaitá/SC-438, por exemplo, terá acesso livre para cruzar a rua Deputado Olices Pedra de Caldas
Com a mudança, o motorista que trafegar no sentido Humaitá/SC-438, por exemplo, terá acesso livre para cruzar a rua Deputado Olices Pedra de Caldas

 

Tubarão
 
Atenção! Durante esta semana será feita a alteração da sinalização vertical e horizontal nas ruas Deputado Olices Pedra de Caldas e José Alberto Nunes, às margens da BR-101, em Tubarão. 
 
A mudança será realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), na junção das ruas laterais com a avenida Patrício Lima e a SC-438, no bairro Humaitá, próximo à cabeceira norte do viaduto principal de acesso à cidade.
 
A configuração atual da sinalização vertical neste ponto prevê a parada obrigatória para o motorista que segue pela avenida Patrício Lima (do centro em direção da BR-101 Sul) ou pela SC-438 (sentido Gravatal à rodovia).
 
Com isso, o motorista que trafegar no sentido Humaitá/SC-438 terá acesso livre para cruzar a rua Deputado Olices Pedra de Caldas. Da mesma forma, quem segue pela SC-438/Humaitá, poderá cruzar a rua José Alberto Nunes diretamente, passar pelo vão inferior do viaduto, em direção ao centro da cidade.
 
A parada será obrigatória para os motoristas que trafegarem pelas ruas marginais à BR-101. O objetivo da mudança de sinalização nesse ponto, é dar melhor trafegabilidade aos motoristas que acessam o centro, bem como aos bairros vizinhos.
 
O tráfego de veículos é intenso no sentido Centro/SC-438 e  vice-versa. A mesma sinalização vertical e horizontal foi implantada nas ruas laterais ao viaduto de acesso ao Morrotes. Na avenida Padre Geraldo Spettmann (da rodoviária) não haverá alteração na sinalização.
 
Trânsito terá interrupções em Laguna hoje
A BR-101 terá o trânsito interrompido hoje, do meio-dia às 14 horas, nas proximidades da comunidade de Bananal, em Laguna. O bloqueio é necessário para o desmonte de rochas, com detonação de explosivos, para a continuidade das obras de duplicação da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal fará o monitoramento do tráfego. Em caso de mau tempo, o bloqueio será cancelado