Tubarão

Ontem foi um dia corrido para mais de 500 profissionais. Todos deram o seu melhor para deixar pronta toda a estrutura do Uniluz 2010.
A festa é hoje, às 20 horas, no prédio sede da Unisul, em Tubarão. Já consagrado como um dos maiores espetáculos de Natal do sul do estado, a edição deste ano promete ser ainda mais gloriosa e solidária.

Hoje, a partir das 6 horas, a avenida José Acácio Moreira (beira-rio) será fechada em frente à universidade. As ruas laterais também serão interditadas no fim do dia, às 18 horas. Este ano, não haverá arquibancadas, então o público não precisará ir mais cedo para reservar lugar.

Como nas outras edições, nesta a entrada para o espetáculo é um quilo de alimento não perecível por pessoa. Dois postos de recebimento serão instalados: um no ponto de ônibus em frente à Unisul e o outro na esquina da beira-rio com a rua Capitão Alexandre de Sá.

A Guarda Municipal, o Corpo de Bombeiros e equipes de saúde ocupacional da universidade e da Pró-vida estarão no local para assegurar saúde e segurança aos visitantes.

E no palco…

Uma enorme programação artística foi organizada para dar ainda mais brilho a nona edição do Uniluz, em Tubarão. Além do espetáculo do cantor Oswaldo Montenegro (foto), o palco do evento será tomado por vários nomes da arte local. O cantor Roger Nichele, de 17 anos, é um deles. Vencedor da 3ª Mostra de Cultura Artística da Unisul (Uniculta), na categoria música, ele se apresentará ao lado do pianista uruguaio Pedro Domingues.

Outra participação especial será o Coral Mirim da Tractebel Energia. É o primeiro ano de ensaios do grupo de crianças e adolescentes de escolas públicas de Tubarão e Capivari de Baixo. O Coral Universitário Unisul, sob a batuta da maestrina Maria Miranda da Silva, é parte do show desde a primeira edição do Uniluz. E é claro que não poderia faltar nesta.

O grupo de crianças do colégio Dehon também irá apresentar-se. O maestro do Coral Municipal de Tubarão, Geraldo Corrêa, também sobe ao palco na regência de 200 vozes que formarão um coro inédito.