Wagner da Silva
Braço do Norte

Uma parceria para atrair várias tecnologias mais rapidamente ao meio rural poderá transformar o agronegócio em Braço do Norte. A negociação gira entre a secretaria de agricultura da prefeitura, a Unisul de Tubarão e a unidade Clima Temperado da Embrapa, em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Segundo o secretário de agricultura, Adir Engel, a parceria ainda não foi concretizada, mas a carta de intenção foi assinada durante a Feagro Vale 2009, realizada no início deste mês por representantes das três instituições: Gilmar Pezzopane Plá, da Unisul, Waldyr Stumpf Junior, da Embrapa, e Evanísio Uliano (PP), o Vânio, prefeito de Braço do Norte.

Apesar do contrato ainda não ter sido discutido, as ações em parceria devem iniciar em agosto deste ano, com a realização de um workshop voltado a laticínios e fruticultura. A Embrapa fornecerá os técnicos que oferecerão treinamento, a Unisul disponibilizará a área da unidade, onde são desenvolvidos diversos experimentos – além dos já existentes – e a prefeitura participa com a logística. O objetivo é oferecer melhor qualidade de vida às famílias rurais e estimular outras fontes de renda. “A utilização de novas técnicas no meio rural será diretamente sentida no custo de produção e terá grande retorno para o agricultor”, avalia Engel.

Além disso, a parceria com a Unisul visa também auxiliar e desenvolver um maior número de projetos no que deveria ser o Centro de Ciências Agrárias. “Há pessoas que incentivaram a vinda da unidade para cá, mas a sua real função se perdeu. Por outro lado, a universidade possui estrutura e projetos interessantes. Queremos atrair mais atividades ao espaço, hoje com demanda a outras áreas”, aponta o secretário de agricultura. O foco da ação está voltado à elaboração de projetos de captação de recursos, segurança alimentar, diversificação da produção, promoção de projetos e investimentos na qualidade do leite, além de investimentos no agroecologia.