Setembro Amarelo é uma campanha de Prevenção ao Suicídio. A equipe do Centro de Atenção Psicossocial CAPS I de Capivari de Baixo, criou um vídeo com a participação dos profissionais do CAPS, para encaminhar aos pacientes e funcionários, com o intuito de conscientizar a todos, para ficarem atentos aos sinais e sintomas da depressão. Assim, dando ênfase a valorização da vida.

Por causa da pandemia e por não poder realizar encontros presenciais, para debater esse tema é que foi iniciado o vídeo. “Olhe ao seu redor para perceber tudo que está acontecendo e ter a certeza de que não existem pessoas do seu lado que precisem de ajuda. O Suicídio não é um ato de coragem e muito menos de fraqueza. O Suicídio é um ato de desespero. Uma palavra, uma atitude, isso pode fazer toda diferença”, enfatiza a coordenadora do CAPS I, Fernanda Firmino da Silva.

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha ocorre durante todo o ano.

São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Não é preciso estar ligado ao CVV ou a outra instituição para se mobilizar. Empresas podem fazer ações internas, distribuir materiais informativos disponíveis no site www.setembroamarelo.org.br e promover palestras. Órgãos públicos podem iluminar de amarelo fachadas de prédios, promover atividades, falar sobre prevenção nas unidades de saúde e escolas. E cada pessoa pode se mobilizar usando uma fita amarela ou vestindo amarelo, levantando o tema em seus grupos e buscando informações confiáveis sobre o assunto.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul