#Pracegover Foto: na imagem há um homem de máscara e com o microfone na mão
#Pracegover Foto: na imagem há um homem de máscara e com o microfone na mão

Serventes e merendeiras da rede municipal de Educação estiveram na manhã desta quarta-feira (3) no teatro da Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva para uma reunião sobre instruções e informações técnicas em preparação ao retorno das aulas presenciais no dia 18 de fevereiro. Desde o ano passado, foi iniciado um planejamento para que funcionários, professores e principalmente alunos pudessem voltar para as salas de aula em segurança diante dos riscos da pandemia da Covid-19.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação Maurício da Silva, as serventes e merendeiras receberam todas as explicações sobre o posicionamento da Unicef e profissionais da área pedagógica em uma carta aberta direcionada aos pais apresentada na semana passada sobre a importância da volta às aulas. Questões da educação, aspectos emocionais e segurança alimentar e física são os principais argumentos para a retomada dos encontros presenciais.

“Por mais que as tecnologias nos auxiliem, a presença do professor ainda é a melhor alternativa para o aprendizado. O funcionamento dos polos agora nas férias foi bastante satisfatório quanto aos protocolos de enfrentamento da Pandemia e isso nos deu segurança para aplicar o sistema híbrido neste momento”, ressaltou Maurício.

O sistema híbrido é a aplicação das aulas presenciais em uma semana com as aulas online (à distância) na semana seguinte. Essa alternativa foi apresentada em uma enquete no ano passado, com opção das aulas alternadas por turnos.

“Por maioria, os pais escolheram o sistema híbrido”, complementou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação.

O prefeito Joares Ponticelli também participou dos trabalhos no teatro da Arena e fez um pedido especial a todas as merendes e serventes.

“Nossos alunos estão afastados há muito tempo da escola e temos que dar uma atenção muito especial a eles. É preciso ver em que condições emocionais eles estarão, pois a escola sempre foi o olhar mais atento das crianças e durante a pandemia nós perdemos esse olhar”, lembra Joares.

Nos próximos dias, a FME fará uma série de capacitações para os diretores de escola, professores, secretários, serventes, merendeiras, motoristas e estagiários. A proposta é adequar todo o sistema de Ensino aos protocolos de segurança e higiene para o retorno presencial das aulas. Os motoristas, inclusive, já iniciaram seu ciclo, com o curso de reciclagem do Transporte Escolar, além do curso de capacitação sobre passageiros em coletivos.

O objetivo é trazer aos motoristas o conhecimento sobre as mudanças da lei de trânsito e as novas regras do Transporte Escolar, conforme o estabelecido pelo Plano de Contigência.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul