Público votou em cédulas de papel na entrada de um  supermercado  -  Foto:Kalil de Oliveira/Notisul
Público votou em cédulas de papel na entrada de um supermercado - Foto:Kalil de Oliveira/Notisul

Braço do Norte

Mais de mil pessoas passaram pela única urna de um plebiscito do movimento O Sul é o Meu País, sábado, em Braço do Norte. “Nós tínhamos a expectativa de implantar quatro mil urnas nos três estados do sul do país, mas tivemos problemas com a justiça e não conseguimos colocar todas. Ficaram 1,2 mil urnas”, revela o secretário do movimento na capital da moldura, Ronaldo Ghizoni.

A estrutura é mantida com recursos próprios e com a venda de artigos. Em 15 e 20 anos, segundo os organizadores, acredita-se que surjam os primeiros resultados mais efetivos. Os dados coletados serão enviados para a Organizações das Nações Unidas (ONU). Até as 21h30min de ontem, com 85% dos votos apurados, 95,69% disseram “Sim” ao separatismo.