Foto: Marília Sutil de Oliveira/Divulgação
Foto: Marília Sutil de Oliveira/Divulgação

A ampla massa de ar polar que atua no Estado neste fim de semana já causou prejuízos financeiros na agricultura, pecuária e bloqueou rodovias em pontos de Serra, como no Rio do Rastro, entre Lauro Müller e Bom Jardim.

As autoridades, como Defesa Civil e secretarias de Assistência Social de dezenas de municípios emitiram alertas sobre a possibilidade real de hipotermia a moradores de rua e até mesmo cães e gatos desabrigados, mesmo os que vivem em casas, mas não possuem um espaço adequado para passar a noite, ou que os donos costumam deixar dormindo no sereno. Como a temperatura em quase todo o Estado, principalmente a sentida na pele, poderá beirar 0°C – ou até menos, como no Oeste, Meio-Oeste, Serra, Sul e Planalto Norte – o perigo de uma doença grabe ou até mesmo morte é iminente.   

Nas próximas horas há, inclusive, uma pequena chance de neve isolada entre a madrugada e manhã, mas o céu deve permanecer limpo na maioria das regiões catarinenses. Geada ampla deve ser registrada em quase todos os municípios, inclusive os litorâneos. A temperatura máxima neste sábado poderá ficar entre 3/6°C em alguns pontos do topo da Serra, com tarde geladíssima, podendo despencar para -10°C em vários momentos e abaixo dos -15°C nas áreas acima dos 1,5 mil metros.

Atenção com as telas antigranizo no Topo da Serra

• Atenção aos bananicultores, frutas tropicais (maracujá entre outras culturas), floricultores, variedades precoces de frutas de clima temperado (danos por geada) e maquinário agrícola (anticongelante) nas áreas frias do estado. Formação gelo/geada em várias rodovias de SC (acima dos 800/1000 m do Oeste a Serra). No topo da Serra entre os dias 5 a 7 é necessário anticongelante no radiador em carros com mais de dois anos de uso.

• Condições favoráveis ao congelamento da água nos canos de casas em vales e baixadas acima dos 500/800 m do Oeste ao Topo da Serra entre a madrugada e começo da manhã. Muito cuidado e um bom manejo para evitar maiores prejuízos.

• Risco para peixes de origem tropical nos açudes, a água ficará muito fria e pode ter mortandade.