O Senado retirou de pauta a Medida Provisória (MPV 905/2019) que cria o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo e faz uma série de mudanças na legislação trabalhista.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, informou que os líderes partidários vão tentar chegar a um acordo durante o fim de semana para que a matéria possa ser incluída na lista de votações de segunda-feira (20), último dia do prazo de vigência da MP.

O texto vai caducar se não for votado até esta data. O líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), chegou a defender a votação da MP 905, mas não houve clima para acordos. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), prometeu que tentará debater a MP 905 no fim de semana.

Mas ele já adiantou que não há garantia de votação dessa matéria.

Fonte: Agência Senado
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado