#Pracegover foto: na imagem há diversas pessoas
#Pracegover foto: na imagem há diversas pessoas

Há mais de dez anos sem ser encenada, a Tomada de Laguna tem tudo para ser reapresentada em abril do próximo ano. O Instituto Cultural Anita Garibaldi (CulturAnita) previa apresentar a peça em novembro, como forma de encaminhar o encerramento das comemorações lagunenses do bicentenário da heroína em grande estilo, mas como não houve tempo hábil para o aporte de recursos anunciados pelo Estado, a decisão foi pelo adiamento.

Além da ausência do recurso, o prazo curto para ensaios poderia prejudicar a execução do espetáculo. Desde 2015, o instituto atua para tentar reeditá-la. Naquele ano, foi aberta captação de recursos, mas a falta de apoio fez a ideia ser arquivada. No ano de 2020, a entidade lagunense foi aprovada para captar fundos via Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). “Em um evento desta natureza precisamos preparar com seis meses de antecedência, pois envolve muitas contratações”, comentou o diretor do CulturAnita, Adílcio Cadorin, em entrevista à Rádio Difusora.

À emissora, Cadorin também pontuou que houve audiência com empresas públicas e privadas de renome federal, como a Caixa Econômica, Havan e Eletrosul, para que destinassem recursos para apoiar pela Rouanet o espetáculo, mas sem sucesso até o momento. “Decidimos encurtar a Tomada de Laguna, fazer algo mais simples para o orçamento de R$ 600 mil e em três dias”, explicou, lembrando que o projeto revisto foi apresentado ao Estado ainda em 2020. A previsão inicial era de pouco mais de R$ 2 milhões, com mais apresentações.

Agora, a entidade trabalha para reeditar os convênios anunciados para que o recurso esteja na conta no início do próximo ano para que a peça possa entrar em execução em abril de 2022, mais precisamente na semana do dia 21, data do feriado nacional em homenagem a Tiradentes, alferes mártir da Independência do Brasil. Mas há possibilidade de que sejam seis apresentações, englobando dois finais de semana. Isso porque, além dos R$ 500 mil do Estado e de R$ 150 mil da prefeitura, existe a sinalização de R$ 600 mil do Ministério do Turismo, via emenda parlamentar.

Entre os motivos para a crença de que o espetáculo poderá acontecer estão o avanço da vacinação no estado catarinense, que já anunciou portarias com regras para eventos com mais de 500 pessoas e a queda de várias medidas de restrição social ao público.

Tomada de Laguna é um espetáculo teatral ao ar livre que conta a história da tomada da cidade juliana pelos rebeldes farroupilhas e lembra o nascimento do romance entre Giuseppe e Anita Garibaldi. A primeira apresentação foi em 1999 e a última em 2004, com direito à participação de atores nacionais de renome como Tarcísio Filho e Werner Schünemann.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Agora Laguna