#ParaTodosVerem Na foto, um prédio escolar de dois andares que quase desabou depois que um barranco deslizou no começo deste maio, em Orleans
Uma das partes do prédio de dois andares ficou literalmente sobre o buraco aberto após o deslizamento do barranco, no dia 3 de maio. Ainda não há uma solução apropriada para que a estrutura volte a ser segura - Foto: Prefeitura de Orleans | Divulgação

Desde as inundações causadas pela intensa chuva que atingiu principalmente o Sul de Santa Catarina no começo deste maio, os 562 alunos do ensino fundamental da Escola Estadual Costa Carneiro, em Orleans, estavam sem aula. Parte do terreno onde o prédio de dois andares foi construído desabou no dia 3 e a estrutura ficou comprometida. A Secretaria de Estado da Educação tentou realizar obras de contenção, mas sem sucesso. A demolição do imóvel não está descartada.

Desta forma, o ano letivo dos estudantes será finalizado em um espaço cedido pela Fundação Educacional Barriga Verde (Febave). Eles ocuparão 12 salas do bloco C, onde funciona o Centro Universitário Barriga Verde (Unibave). As aulas serão retomadas a partir da próxima segunda-feira (30). O Estado ainda não informou como as aulas serão repostas, o mais provável é que eles não terão as férias de julho.

Fonte: Unibave
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul