A Secretaria Municipal de Saúde de Imbituba (Semusa) atualizou nesta quarta-feira (10), à noite as informações relacionadas à Covid-19. O boletim divulgado traz 34 novos casos confirmados. O monitoramento soma 138 casos de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus na Capital da Baleia-Franca. Não há nenhuma morte em função da doença.

Foram realizados nesta quarta-feira 120 testes rápidos nas Unidades Básicas de Saúde (USB) do município. Metade foram diagnosticadas entre os órgãos de Segurança Pública. Polícia Militar (5), Polícia Civil (2) Corpo de Bombeiros, Samu e Defesa Civil (11).

Na cidade portuária foram descartados 712 testes e ainda, há 35 suspeitos. Dos pacientes 100 estão em tratamento domiciliar e um segue internado. De acordo com os dados dos pacientes da planilha de monitoramento da Vigilância Epidemiológica da secretaria, 37 são considerados recuperados.

No último dia 4, o Brasil completou 100 dias desde que registrou o primeiro caso de coronavírus, confirmado pelo Ministério da Saúde no dia 26 de fevereiro. Neste período, a curva de crescimento de infectados e óbitos no país avança em níveis considerados assustadores. Assim, a situação preocupa a população e exige ações mais concretas, num momento em que o poder público começa a liberar gradualmente as atividades econômicas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou no dia 11 de março situação de pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). No início da doença, não existe diferença quanto aos sinais e sintomas de uma infecção pelo novo coronavírus em comparação com os demais vírus. Por isso, é importante ficar atento às áreas de transmissão local.

O Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto no final de 2019 após casos registrados na China. O número de casos registrados mobilizou organismos internacionais e a comunidade científica na busca por respostas sobre prevenção, transmissão e tratamento.