A SCPAR Porto de Imbituba realizou duas agendas para tratar sobre a situação ambiental da área da antiga Indústria Carboquímica Catarinense (ICC). Na quinta-feira (2), o diretor-presidente do Porto de Imbituba, Fábio Riera, recebeu representantes da área de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS) da Petrobras, dona do terreno. A equipe está em Imbituba para acompanhar os trabalhos de manutenção da área, que reiniciaram recentemente.

A agenda anterior ocorreu no dia 25 de novembro, com a Petrobras e representantes do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), para discutir ações de controle ambiental.

O espaço da antiga ICC tem cerca de 100 mil m², fica ao lado do Porto e está desativado desde a década de 90. Recentemente, a área passou por um diagnóstico ambiental para que a Petrobras possa desenvolver ações de remediação do passivo. Este plano de ação está em análise no IMA e a previsão é de que o parecer técnico do órgão ambiental saia até o final do ano. Quando aprovada a proposta, a Petrobras fará uma licitação para contratar empresa que realize o processo de remediação.

“A Autoridade Portuária vem materializando ações de estreitamento de laços nas discussões ambientais sobre a área da antiga ICC e todos os órgãos envolvidos se mostram bastante engajados na resolução da questão”, destaca o presidente do Porto.

Dentre as equipes presentes nas agendas, participaram: André Luiz Dias Mello, diretor de Administração do IMA, o diretor de Planejamento e Operações do Porto, José João Tavares, e Joelson Falcão Mendes, gerente executivo de SMS da Petrobras, acompanhados de profissionais de suas áreas técnicas.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: SCPar Porto