Priscila Alano
Tubarão

O prazo está quase no limite para que determinadas obras de importância regional saiam do papel este ano. Isso por conta do período do eleitoral. Os editais de licitação precisam ser publicados até a próxima sexta-feira. É o caso da SC-100, trecho da futura Interpraias entre a balsa, em Laguna, e o Camacho, em Jaguaruna, com um ramal para o Farol de Santa Marta. E também a Arena Multiuso, em Tubarão.

Nesta sexta-feira, o secretário de desenvolvimento regional em Laguna, Mauro Candemil (PMDB), esteve em Florianópolis para acompanhar de perto o andamento da publicação dos editais. “A parte do Deinfra já foi concluída. Na próxima semana, os editais serão divulgados no Diário Oficial do estado, para que as empresas possam entregar as propostas”, afirma o secretário. Serão lançados dois editais: um para a pavimentação e outro para a fiscalização da obra.

A pavimentação está avaliada em R$ 22 milhões. No valor, já estão inclusas as condicionantes ambientes. Até o momento, foi lançado apenas o edital para a seleção da empresa que executará o plano básico ambiental.

Já o convênio para a construção da Arena Multiuso, será assinado na próxima semana, entre o governo do estado e a prefeitura de Tubarão. É o que garante o secretário de desenvolvimento regional Haroldo Silva, o Dura. Para este ano, foi destinado R$ 1 milhão no orçamento para o início da obra. A prefeitura deve abrir a licitação após o período eleitoral.

O projeto
A Arena Multiuso de Tubarão é composta por quadras esportivas, arquibancadas para 3,5 mil espectadores, um teatro com capacidade para mil pessoas e área de lazer, além de uma concha acústica retrátil, que poderá ser usada para eventos externos e internos.

Ordens de serviço aguardadas

Algumas obras na região aguardam a ordem de serviço para que as empresas possam iniciar os trabalhos. É o caso do acesso ao Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, e o trecho da rodovia SC-407, entre São Martinho e a comunidade de São Luís, em Imaruí. Está pré-agendada a vinda do governador Leonel Pavan à região nas próximas semanas para a entrega das autorizações.

A pavimentação do trecho entre São Martinho e São Luís é uma reivindicação antiga da comunidade. A vencedora da licitação foi a empreiteira A. Mendes Ltda, que pediu R$ 7.268.098,58. São sete quilômetros de extensão e a obra facilitará o acesso de romeiros que visitam o santuário da bem aventurada Albertina Berckenbrock. Em relação ao leito atual da rodovia, foram efetuadas diversas alterações, visando reduzir o número de curvas e subidas íngremes.

A obra é importante para o roteiro turístico religioso previsto para ser implantado na Amurel. A ideia é interligar Imbituba (Santa Paulina), Laguna (Santo Antônio), São Martinho e Imaruí (beata Albertina Berkenbrock).

Aeroporto regional
O consórcio formado pelas empresas Setep e Espaço Aberto foi o vencedor da concorrência aberta pela secretaria de estado da infraestrutura para pavimentar o acesso ao aeroporto pela BR-101. O valor para a execução da obra ficou em R$ 18,2 milhões. A via terá uma extensão de cinco quilômetros. A obra ainda inclui o pátio de estacionamento de veículos, uma ponte sobre o rio Jaguaruna e um viaduto sobre a Ferrovia Teresa Cristina. O prazo estimado para conclusão dos trabalhos é de 540 dias.