Bertoldo Weber
São Ludgero

Quatro comunidades são atendidas pelo Programa Saúde da Família (PSF) da margem esquerda, em São Ludgero: Ponte Baixa, Barra do Norte, Serrinha e Bom Retiro.
Nestas áreas, muitas pessoas não têm como se deslocar até o posto do PSF para consultas médicas, retirar medicações, renovar receitas, verificar pressão arterial, entre outros serviços, devido à falta de transporte.

O problema foi levado à secretaria de saúde da prefeitura, que autorizou a realização de atendimento médico e de enfermagem nas próprias localidades, uma vez por mês. A enfermeira-chefe, Maria Madalena, conta que neste ano a ação foi levada à Ponte Baixa, Barra do Norte, Serrinha e Bom Retiro, em um total de 50 atendimentos.

“Fazemos o que o Programa Saúde da Família preconiza, que é a prevenção”, ela explica.
Para a secretária da saúde da prefeitura, Nilva Schlickmann Pickler (PMDB), “este é mais um avanço que realizamos na área da saúde em São Ludgero, levando qualidade de vida também às famílias da área rural”.