Tubarão

Com dois trabalhos avaliados positivamente na 2ª Mostra Aqui Tem SUS, no 70º Congresso do COSEMS – SC em Piratuba, a equipe de saúde de Tubarão está classificada para etapa nacional do evento. A concorrência dessa vez será maior, pois Secretarias Municipais de Saúde de todo país apresentarão os resultados.

No 35º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, que ocorre do dia 2 a 5 de julho em Brasília, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) se unirá as secretarias de outros estados em um só propósito: mostrar projetos que deram certo nos municípios e que podem inspirar profissionais de saúde e gestores do Brasil.

O resultado positivo é fruto da atual gestão de saúde de Tubarão. Os dois projetos ganharam premiação de reconhecimento pelas ações de sucesso desenvolvidas. O incentivo recebido mostrou o poder que eles possuem na autonomia do desenvolvimento das atividades. Assim, visando à resolução e transparência de todos os processos do município. “Isso dá um orgulho muito grande para Secretaria de Saúde e para a gestão. É uma resposta de que as coisas estão encaminhando certo”, felicita o diretor-presidente da FMS, Daisson Trevisol.

Os trabalhos são reflexos dos ajustes na FMS, resultados da criação de três novos setores que não existiam e agora são peças fundamentais para que todo o fluxo da organização funcione bem. Judicialização de Saúde: setor que realiza a avaliação da redução do fluxo das ações judiciais para o município.

Planejamento em Saúde: setor que planeja a contratação dos profissionais para todos os serviços disponibilizados, que varia de acordo com cada demanda. Tem um olhar inteligente, facilitando a implementação quando necessário e a diminuição de recursos para os que não tem procura.
Central de regulação: setor que regula os sistemas das filas para os serviços, o Sisreg. Ele classifica de uma melhor forma o paciente para saber exatamente onde inserir na fila, fazendo de uma forma correta e totalmente legal dentro do Sistema Único de Saúde.