#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher com uma caixa de doces. Ela está em um estabelecimento comercial
#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher com uma caixa de doces. Ela está em um estabelecimento comercial

Em 2017 o Notisul trouxe pela primeira vez a história da empreendedora Luana Marques Valgas, de 21 anos, de Tubarão. Na época, ela vendia doces nas ruas com o intuito de iniciar o curso de educação física em uma universidade. O montante arrecadado serviria para custear a mensalidade.

Após a primeira matéria veiculada, foram oferecidos diversos cursos técnicos profissionalizantes e também bolsas para que ela seguisse na área de educação física. Porém, a jovem optou por seguir a área de empreendedorismo e apreender sobre administração e contabilidade.

Três anos e meio se passaram e Luana permanece com as vendas de seus doces. Ela conta que em 2019 passou por momentos de dificuldade. “Planejava ir trabalhar em Florianópolis, mas no início do ano passado sofri um acidente e fiquei por um bom tempo sem andar direito. Fiquei um bom período sem poder trabalhar. Quando retornei foi agora em junho ou julho, no meio de uma pandemia”, expõe.

Com a pandemia do coronavírus e a necessidade de seguir em busca de bons resultados muitos empreendedores lutam para continuarem na ativa. “São tempos difíceis, mas preciso fazer com que a marca ‘Menina do doce’ cresça. Que é a minha marca. Não sabia o que fazer como sem ter dinheiro, já que estive parada por um bom tempo. Resolvi fazer uma rifa e nela, o montante arrecadado farei uniforme, caixa de acrílico, cartão de visita e pacotinho com logo. Para adquirir um número basta entrar em contato pelo instagram @ meninadodoceee ou @luaanavalgas e pelo facebook Luana Valgas”, cita.

Luana que sempre teve um bom relacionamento com os vendedores e empresários do comércio tubaronense conta que pediu um incentivo (patrocínio) e que prontamente recebeu a colaboração. “A maioria dos prêmios da rifa foram os comerciantes que me ajudaram. Queria dar uma ‘cara’ para a marca Menina do Doce. Algumas pessoas entraram em contato comigo para fazer a logo e ajudar nesses detalhes”, finaliza a empreendedora que venderá por encomendas caixas de doces para o Natal.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul