Em parceria com a Udesc, universitários desenvolverão atividades sociais junto à população durante dez dias. A ação inicia no dia 12 de julho.

São Ludgero

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento sustentável, o bem-estar social e a qualidade de vida nas comunidades, usando as habilidades universitárias, São Ludgero firmou parceria com a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), para que a “Operação Caminhos do Sul”, organizado pelo Núcleo Extensionista do Projeto Rondon aconteça no período de 12 a 22 de julho na cidade.

Durante 10 dias, um total de 15 participantes da universidade irão desenvolver oficinas e atividades nas áreas de comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, trabalho, tecnologia e produção junto à população.

Os servidores da Udesc, Maurílio João de Souza e Tânia Foletto, estiveram reunidos com a equipe da prefeitura para apresentar o projeto e o objetivo geral que é possibilitar o desenvolvimento sustentável do conhecimento acadêmico, cultural e social. O Núcleo do Projeto Rondon, por meio da Udesc, já realizou 12 operações desde sua criação com a portaria em 2010.

A secretária da educação, cultura e esportes Sirlene Machado Cunha Joaquim, explica que o município irá deliberar juntamente com o núcleo o plano de trabalho a ser desenvolvido na cidade. “São Ludgero recebe com alegria o projeto e acreditamos que somará em muito para a sociedade de forma geral”, ressalta. A prefeitura disponibilizará os espaços para realização das oficinas e atividades diversas, alojamento e alimentação para os participantes da Udesc que desenvolverão os trabalhos.

O Projeto Rondon
O Projeto Rondon, sob coordenação do Ministério da Defesa, é conduzido em estreita parceria com o Ministério da Educação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Ministério da Saúde, o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Governo da Presidência da República.

É uma ação interministerial do Governo Federal realizada em coordenação com os Governos Estadual e Municipal que, em parceria com as Instituições de Ensino Superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação, visa a somar esforços com as lideranças comunitárias e com a população, a fim de contribuir com o desenvolvimento local sustentável e na construção e promoção da cidadania.

As prioridades
O Projeto Rondon prioriza, assim, desenvolver ações que tragam benefícios permanentes para as comunidades, principalmente as relacionadas com, a melhoria do bem estar social e a capacitação da gestão pública. Busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Foto: Prefeitura de São Ludgero/Divulgação/Notisul