Wagner da Silva
São Ludgero

Autoridades, empresários, amigos e familiares deram o último adeus ontem ao empresário Dimas Schlickmann, ex-vice-prefeito de São Ludgero. Ele faleceu às 23 horas de domingo, aos 51 anos, vítima de um infarto fulminante.

Dimas realizou um check-up completo há menos de um mês, e nenhuma irregularidade foi apontada. Porém, na última semana, passou começou a se sentir mal. O seu filho mais velho, Djony Schlickmann, lembra que na noite de domingo o pai chegou a procurar uma farmácia antes de morrer. “Ele agradeceu a minha mãe pelos cuidados que ela sempre teve. Ainda tentei reanimá-lo, mas não foi possível”, conta.

Dimas tinha 13 irmãos – era o mais velho dos homens, era casado com Salete Sizenando e pai de Djony e João Lucas. “Perdi meu patrão, meu guru e, acima de tudo, meu grande amigo. É uma dor muito forte que está sendo confortada pelos amigos que ele fez ao longo da vida”, declara Djony.

O expediente da prefeitura de São Ludgero foi suspenso ontem. O prefeito Ademir Gesing (PMDB) decretou luto por três dias pelo falecimento do seu ex-vice-prefeito, que atuou no cargo entre 2004 e 2008.