Santa Rosa de Lima

Com o lema Santa Rosa de Lima no Caminho Certo, Celso Heidemann (PP) e Valdir Antunes (DEM) foram reeleitos por mais quatro anos à prefeitura. Na câmara de vereadores houve renovação em seis das nove cadeiras que formam o legislativo, ocupando cinco lugares a coligação PP, DEM e PT.

Para Celso, o somatório dos votos foi próximo dos números apontados pela pesquisa feita pela coligação. “Tínhamos certeza da vitória e o mérito do resultado é devido à união dos militantes dos partidos que compunham a coligação, da força política dos candidatos a vereadores, do trabalho nestes quatro anos de gestão, e, principalmente, em função do projeto de desenvolvimento que plantamos e que a população acreditou ser a melhor alternativa”, declara.

Passadas as eleições, os trabalhos ocorrem normalmente. “Continuaremos, sem dúvida, com nossa forma de gerir, respeitando os processos democráticos e participativos para pensar o futuro. Dentre as inovações do nosso governo está a criação de um grupo gestor de desenvolvimento e a criação de um escritório de projetos. Queremos elaborar o plano diretor, o plano de carreira ao funcionalismo público e criar um de desenvolvimento do potencial turístico”, destaca.

Nas outras áreas, a meta é continuar as ações, visando aumentar o atendimento à população. Na educação, o grande projeto é a construção de um novo centro educacional que atenda da creche à universidade. Na saúde, a meta é ampliar os atendimentos especializados existentes e oferecer cardiologista e psiquiatria, além de buscar recursos para aumentar a estrutura física do posto de saúde.

A agricultura será o foco da administração Celso e Valdir. Para tanto, o plano de governo contempla projetos de diversificação das propriedades, apoio à produção leiteira com implantação de um banco de novilhas para melhoramento genético e a constituição de uma equipe de agentes comunitários de desenvolvimento rural. “Nosso programa contempla todos os setores. A cidade é destaque regional e pretendemos torná-la referência em desenvolvimento sustentável, fortalecendo as instituições e os segmentos da população”.