As restrições que atingiram o Brasil nos últimos dois anos trouxeram mudanças para o setor do turismo, principalmente em Santa Catarina. A ideia de viajar nas férias, seja para outro estado ou até mesmo para outro país, foi trocada por uma experiência mais local. Esse movimento é conhecido como turismo local ou residencial, quando as pessoas começam a explorar os pontos turísticos da região onde moram. Uma ideia interessante para o catarinense, pois o estado é um dos mais ricos neste aspecto, e tem muito a oferecer aos moradores da região.

Isso fica evidente com o calendário das festas que vão acontecer durante 2022, quase todas com o foco principal na presença dos moradores de cidades catarinenses. Por exemplo, em março e abril, já estão confirmados diversos shows no estado, com artistas como Titãs, Sorriso Maroto, Barões da Pisadinha e Matanza Ritual. A ideia é que todos esses ventos atraiam ainda mais a presença dos moradores para eventos em Santa Catarina.

Essa é uma tendência não só da região, mas também de todo o Brasil. No Rio de Janeiro, segundo reportagem do blog Betway Insider, houve um crescimento de 9% na vontade dos cariocas de conhecerem pontos turísticos da cidade onde moram. Uma porcentagem que pode parecer pequena, mas que  comprova uma tendência voltada para o turismo

residencial. Isso pode garantir mais de 500 mil vagas de emprego para o setor, além de um faturamento na casa dos R$ 170 bilhões. Números que mostram como as cidades podem lucrar com isso.

Florianópolis, Balneário Camboriú, Chapecó, Joinville e Blumenau são cidades com grande potencial para aproveitarem essa tendência. Todas elas possuem muitas atividades, além de uma população acima da média do estado. Ou seja, aproveitar essas mudanças no turismo, que começaram em 2020, é se atualizar para a direção que o mundo está se movendo. O turismo pode voltar ao normal no futuro, mas por enquanto tem focado apenas no local e residencial.

Preços acessíveis

Um dos aspectos que chama a atenção para Santa Catarina é o potencial para ser mais acessível aos moradores, principalmente em comparação com outros centros urbanos. Por exemplo, a equipe da Betway, site de caça-níqueis, fez um comparativo entre o Rio de Janeiro, Tóquio e Nova York justamente para mostrar isso. A cidade carioca foi a mais barata, mesmo tendo preços acima da média nacional. Se alimentar por lá, custa cerca de US$ 18 por refeição, algo que não acontece em território catarinense.

Algo que coloca o RJ como uma região mais acessível são as atividades gratuitas, quase todas próximas da natureza. As praias, o Parque Lage e a Lagoa Rodrigo de Freitas podem servir de exemplos. Entretanto, se olharmos para Florianópolis, é possível encontrar até mais opções. Além das praias do norte ao sul da ilha, também é possível fazer diversas trilhas naturais em toda a região. O potencial existe, e só faltam os administradores das cidades aproveitarem essa tendência.

Em recuperação

Segundo reportagem do jornal O Tempo, a expectativa com o turismo em 2022 é de crescimento, principalmente para recuperar os prejuízos acumulados nos últimos anos. As restrições afetam todas as cidades dependentes do turismo, no Brasil e no mundo, então é normal um reaquecimento do setor pelos próximos meses. Os turistas residenciais serão importantes para isso, pois essa é a tendência na atualidade.

O rombo no turismo global foi de US$ 4 trilhões desde 2020, por isso é importante ter uma perspectiva positiva para o futuro. A economia mundial depende desse setor, e o Brasil não fica de fora disso. Desde 2018, o investimento no turismo cresceu em todo o país, então os prejuízos acumulados foram sentidos. Mas, o pensamento agora é apenas de recuperação.

Santa Catarina tem muito potencial com isso, pois é uma região onde o turismo local pode ganhar espaço. Seja por conta do preço ou até mesmo pelas opções de lazer, a verdade é que cidades como Florianópolis possuem muitas atividades para os moradores. Se compararmos com outras cidades de estados diferentes, como o Rio de Janeiro, não perde em nada. Os catarinenses só precisam enxergar isso para começarem a trocar uma longa viagem por uma caminhada até o bairro ao lado.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Foto: Pixabay