Balneário Camboriú

Uma exposição cheia de muita cor e identidade está aberta ao público na Casa Hall Shopping, em Balneário Camboriú. Intitulada de Santa Catarina na ponta do lápis, a exposição tem 23 quadros assinados pelo artista plástico Deyvid Corrêa Martins, 36, e segue até o dia 30.

As obras abordam a temática regional, como forma de demonstrar a identidade e personalidade do povo catarinense. Todos os quadros trazem elementos naturais, míticos por meio de lendas e também aspectos humanos. “É uma obra muito colorida e o jogo de cores vai criando a ideia de jogo de luz. Os quadros são feitos a lápis de cor, com um método que desenvolvi ao longo do tempo, com uma pintura de cores cheias, ” explica o artista.

Martins conta que a ação faz parte de um projeto do Ministério da Cidadania via incentivo e patrocinado pela GAM de Tubarão. Além da cidade do Vale do Itajaí, a exposição passará por Tubarão, no Centro Municipal de Cultura no próximo mês; na Unisul em Florianópolis, em setembro e no Shopping Garden, em Joinville em outubro. “São 23 quadros expostos de trabalhos em folhas A3. Após um período em Balneário Camboriú, chegaremos a Tubarão para que as pessoas possam também contemplar as obras feitas por um filho desta terra”, pontua. Deyvid começou a esboçar as suas primeiras telas ainda na infância, entretanto, investiu ‘pesado’ mesmo com 30 anos.

Nas artes visuais quase todo material e técnica podem ser utilizados para criar uma obra, mas existem aqueles que são mais conhecidos, considerados como tradicionais ou convencionais e os modernos ou contemporâneos. Entre os meios artísticos tradicionais ou convencionais, três deles manifestam-se em duas dimensões(bidimensional – altura e comprimento): o desenho, a gravura e a pintura.