A reunião foi convocada para tentar evitar reflexos negativos da Operação Carne Fraca

Florianópolis

Após reunião com lideranças do agronegócio de Santa Catarina, o governador Raimundo Colombo destacou o compromisso do governo do Estado com a qualidade do produto catarinense, ressaltando o rigoroso trabalho de fiscalização já realizado e a manutenção do status sanitário diferenciado que faz a produção estadual chegar a 150 países.

A reunião foi convocada para tentar evitar reflexos negativos da Operação Carne Fraca, deflagrada nacionalmente pela Polícia Federal após identificação de irregularidades no setor. As lideranças catarinenses ressaltaram que a única unidade em Santa Catarina interditada temporariamente dentro da operação é uma filial de uma empresa paranaense, localizada em Jaraguá do Sul, que produz basicamente linguiça frescal, salsicha e presunto, para abastecimento principalmente dos mercados do Paraná e de São Paulo.

O governador informou, ainda, que, entre esta terça (21) e quarta, participará de reuniões em Brasília com o presidente Michel Temer e o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, para tratar de ações em conjunto.

Santa Catarina é o segundo maior produtor e exportador de carne de frango do país. Em 2016, as exportações de carne de frango superaram um milhão de toneladas para mais de 100 países.

Os principais destinos do produto catarinense foram o Japão, a China e os Países Baixos, que juntos responderam por 38,5% das exportações. O faturamento das exportações chegou a US$ 1,7 bilhão no último ano.

Publicada às 10h28min desta terça-feira (21)