Tatiana Dornelles
Tubarão

Quem caminhou pela beira-rio, ontem, nas proximidades do Supermercado Angeloni, em Tubarão, teve uma surpresa nada agradável. Vários sacos com restos de carnes estavam jogados na barranca do rio, o que proporcionou mau cheiro e a proliferação de moscas. De acordo com a reclamação de alguns tubaronenses que passaram pelo local, era grande o número de insetos.

“Não sabemos quem jogou os sacos com restos de carne na beira do rio e, muitas vezes, a empresa nem sabe. Mas queremos saber o que houve, pois temos preocupação com o meio ambiente”, ressalta um cidadão.
A gerência do Angeloni explicou ontem que todo o lixo do supermercado é depositado em local próprio, dentro de área específica do estabelecimento comercial. Depois, os dejetos são recolhidos por uma empresa e os lixos orgânicos são levados para serem dados a animais.

“Alguém pulou a cerca de dois metros do local reservado para alojar estes dejetos e levou os restos de alimentos que estavam no lixo (com prazos de validade vencidos e impróprios para consumo) e jogou os sacos plásticos na beira-rio. Hoje (ontem), faremos um boletim de ocorrência. Além disso, pensamos em uma forma de evitar que pulem o muro e roubem lixos. São catadores de materiais, que sempre tentam entrar aqui”, afirma a gerência.