O sábado (10) foi marcado por uma solenidade: o plantio da décima Rosa de Anita, em solo brasileiro. A mais nova cidade a receber o híbrido floral símbolo do bicentenário de Anita Garibaldi é Anitápolis, na região da Grande Florianópolis.

A data também é simbólica por faltar exatamente 50 dias para 30 de agosto, quando a história registrou o nascimento da heroína. A cerimônia foi realizada em uma praça no coração da cidade, que é um dos poucos municípios catarinenses a homenagear a heroína em seu nome.

“Não podemos deixar de enaltecer o zelo e a beleza da estrutura montada no local onde a rosa foi plantada, o que, juntando com a demonstração de interesse do público e o carinho das autoridades, fará com que a memória de Anita viva eternamente na cidade que a homenageia como sendo sua”, afirma o diretor do Instituto Cultural Anita Garibaldi (CulturAnita), Adílcio Cadorin, que também falou em nome da comissão estadual responsável por organizar as comemorações.

Em abril, uma visita à Laguna selou a participação do município da Grande Florianópolis no projeto das celebrações internacionais em torno de Anita Garibaldi. “Procuramos o CulturAnita quando soubemos das comemorações que iriam ser organizadas, pois entendemos que a cidade dedicou seu nome à heroína e não poderíamos deixar de realizar eventos comemorativos ao seu bicentenário”, revela a prefeita Solange Back.

Como contrapartida à adesão da cidade à iniciativa de comemorar a heroína, Anitápolis recebeu 40 cópias do livro Dois Mundos e Uma Rosa Para Anita, obra coletiva que compila artigos sobre a guerreira lagunense.

“A significativa presença de público no evento demonstrou o valor e o carinho que os anitapolitanos dedicam à sua homenageada”, resume a guardiã de Anita, Carmen Plentz. O grupo de mulheres que faz parte do CulturAnita e atua na tarefa excepcional de preservar a memória da heroína e seus feitos também participou dos atos comemorativos.

 

Bicentenário de Anita une quatro países

O projeto visa unir quatro países para comemorar e homenagear a memória e os feitos da catarinense Ana Maria de Jesus Ribeiro (Anita Garibaldi). Nascida em agosto de 1821, ela foi uma jovem à frente de seu tempo que bravamente lutou pelos ideais republicanos ao lado de seu marido, Giuseppe Garibaldi, destacando sua coragem nas diversas batalhas em que participou em defesa dos ideais republicanos, no Brasil, Uruguai e Itália. Esses feitos a tornaram a heroína dos dois mundos.

O híbrido-símbolo das comemorações foi criado pelo botânico italiano Giulio Pantoli (morto em 2018), que se inspirou na figura de Anita Garibaldi para desenvolver a rosa. Na Itália, os direitos de reprodução da rosa estão com o Museu Renzi, que franqueou autorização para que o CulturAnita pudesse clonar e distribuir o híbrido no Brasil e na América do Sul.

Os brotos foram trazidos no final de 2018 para o Brasil e adaptados à realidade climática do país pelo botânico Leonardo Borges, de Laguna. Em agosto de 2019, foram iniciados os plantios das primeiras rosas geradas em Imbituba, Laguna e Tubarão e em 2020, nas cidades de Florianópolis, Garopaba, Curitibanos, Anita Garibaldi e Lages. Já em 2021, a rosa foi plantada em Curitiba, no Paraná.

O Bicentenário de Anita Garibaldi tem coordenação do Museu e Biblioteca Renzi, na Europa, e do Instituto CulturAnita, para a América do Sul. O projeto conta com apoio de cidades catarinenses, gaúchas, italianas, uruguaias e san-marinenses.

 

Sobre o livro Dois Mundos e Uma Rosa Para Anita

Se trata de uma obra coletiva que reúne vários artigos escritos por estudiosos da epopeia garibaldina. Além de Cadorin, assinam os artigos nomes como Andrea Antonioli, Giampaolo Grilli e o Alessandro Ricci, Giovane Tesei e a bisneta da guerreira, Annita Garibaldi.

O livro é uma atualização da obra original lançada em italiano há cinco anos e que agora ganhou uma versão trilíngue, com textos traduzidos também para Português e Espanhola. A obra pode ser adquirida aqui.

 

Fonte: CulturAnita

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul