Foto: Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Catarina

Após quatro dias de intensa fiscalização nas estradas federais que cortam Santa Catarina, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou a Operação Ano Novo 21/22

Ao contrário do que ocorreu nas estradas estaduais, houve aumento nos números de acidentes e feridos nas BRs catarinenses. Contudo, o número de mortos caiu em relação a operação anterior.

O número de acidentes foi 34,5% maior. Foram 113 colisões neste fim de ano e 84 na edição 20/21. A quantidade de feridos aumentou 18,4% (141 neste feriado e 119 no anterior).

Já em relação ao número de mortos, o percentual foi alto e positivo: houveram 40% menos mortes nas rodovias federais catarinenses: foram três falecimentos agora e cinco na edição passada.

Foi registrada duas mortes sábado, o primeiro dia do ano (uma colisão traseira na BR-470, em Ilhota, e uma batida frontal na BR-163, em Guaraciaba), e um falecimento no domingo, dia 2 (uma colisão traseira na BR-101, em Penha).

Entre as infrações de trânsito mais cometidas pelos motoristas estão:

  • 128 motoristas flagrados dirigindo sob efeito de álcool
  • 164 ultrapassagens em local proibido
  • 285 motoristas ou passageiros sem cinto de segurança
  • 51 crianças transportadas sem cadeirinha
  • 36 condutores manuseando o celular

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul