Foto: Pilar Olivares | Reuters | Agência Brasil

O anúncio foi tímido, quem sabe para evitar o alvoroço, mas os prefeitos do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e de São Paulo, Ricardo Nunes, decidiram em conjunto adiar os desfiles das escolas de samba do carnaval nas duas cidades para o fim de semana do feriado de Tiradentes, em 21 de abril.

A decisão considerou a orientação das secretarias de saúde das duas cidades e foi motivada pela explosão de casos da covid-19 causados pela variante Ômicron, a versão com maior poder de transmissibilidade do Coronavírus conhecida até o momento.

No começo do mês, as capitais já haviam cancelado os blocos de rua por causa do aumento de casos da doença. Em nota, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) diz que o adiamento era um dos cenários previstos.

“Com a proximidade do evento, foi mais prudente adiar a festa, situação alinhada com as autoridades sanitárias estaduais e municipais”. A Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo também emitiu nota favorável à decisão: “Acatamos, com a segurança de quem acredita na ciência, a decisão que vai priorizar o coletivo”.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul